arrow-circle-down arrow-circle-left arrow-circle-up arrow-down arrow-left arrow-line-right arrow-right arrow-up ballon close facebook filter glass lock menu phone play point q question search target twitter
Las cookies propias y de terceros nos permiten mejorar nuestros servicios. Al navegar por nuestro sitio web, aceptas el uso que hacemos de las cookies. Más información Aceptar
X

ALBERTO CAMPO BAEZA acerca do “Prazer intelectual na Arquitetura”, na secção Conferências da arquia/filmoteca

filmoteca
30 marzo 2017

Escola Técnica Superior de Arquitetura de Madrid (ETSAM-UPM), 14 de março de 2017.

PRAZER INTELECTUAL NA ARQUITETURA

“OBRIGADO!

Como se de El último encuentro de Sandor Marai, se tratasse, me fosse proposta uma lição, a última? Nesta minha Escola de Arquitetura de Madrid, como o culminar do meu tempo de ensino regular de mais de 40 anos. Sublinho minha Escola, porque gostaria de começar por agradecer a tantas pessoas! Foi-me concedida, por unanimidade, em Conselho de Escola, a nomeação de Emérito. Nomeação que terá efeito no futuro próximo depois desta jubilosa reforma. Espero que Deus me conceda forças suficientes para continuar com entusiasmo as tarefas que me foram confiadas como Emérito e com as quais pretendo continuar a servir esta Escola.
Também gostaria de agradecer aqui hoje, publicamente, à nossa universidade, a UPM, o Prémio de Excelência de Ensino que me atribuiu, como melhor professor da UPM. Prémio que merecem, com tantos ou mais méritos do que eu, muitos dos professores, muitos deles hoje aqui presentes, desta Escola, considerada a melhor Escola de Arquitetura no mundo.
Assim como quando entrei na Real Academia de Belas-Artes de São Fernando, há quase três anos, o meu discurso baseou-se na Beleza, no “Buscar tenazmente a Beleza”, quis que este Parlamento de hoje experimentasse “Acerca do prazer intelectual”, um prazer que se produz, precisamente, quando a Beleza é alcançada em qualquer uma das suas muitas manifestações e, especialmente, na Arquitetura, o trabalho mais belo do mundo!”

*Discurso integral disponível no BLOG da Fundação Arquia : ACERCA DO PRAZER INTELECTUAL

**Gravação integral, da cerimónia disponível no canal Vimeo e web site de D. Alberto Campo Baeza.