arrow-circle-down arrow-circle-left arrow-circle-up arrow-down arrow-left arrow-line-right arrow-right arrow-up ballon close facebook filter glass lock menu phone play point q question search target twitter
Las cookies propias y de terceros nos permiten mejorar nuestros servicios. Al navegar por nuestro sitio web, aceptas el uso que hacemos de las cookies. Más información Aceptar
X

Área Profesional / Convocatorias

Emprendimiento Arquitectura

II Convocatória Bolsas de Empreendedorismo e Inovação

2 Bolsas de Empreendedorismo e Inovação
na Factoría Cultural/Incubadora de Indústrias Criativas em Matadero, Madrid
  • Bases
  • A Fundação Arquia, em colaboração com a Factoría Cultural / Incubadora de Indústrias Criativas em Matadero, Madrid, convoca 2 Bolsas de Empreendedorismo e Inovação, destinadas ao desenvolvimento de um projeto de negócio em qualquer dos campos da profissão de arquiteto, com a finalidade de fomentar e apoiar a criação de iniciativas empresariais e impulsionar a inovação nos âmbitos relacionados com a Arquitetura, favorecendo assim, a criação de postos de trabalho.

    • Objeto
    • As bolsas destinam-se a:

      Fomentar a cultura do empreendedorismo e a iniciativa empresarial como motor de crescimento económico, apoiando propostas inovadoras nos âmbitos relacionados com a Arquitetura.

      Oferecer aos candidatos os conhecimentos e as ferramentas que complementem a sua formação académica, para assim tornar realidade o seu projeto de negócio.

      Impulsionar novos projetos empreendedores surgidos a partir de valores como o esforço, o impulso e a inovação.

    • Candidatos
    • Poderão optar pela bolsa de estudos os arquitetos que tenham obtido a licenciatura numa Escola Espanhola de Arquitetura ou fora do país e homologado em Espanha, que possuam visto de residência em território espanhol, ou equipas pluridisciplinares, integradas maioritariamente por arquitetos, com uma ideia de negócio viável, criativa e inovadora.

      O projeto pode ser desenvolvido por um ou mais membros de um atelier/sociedade/agrupamento.

      Não poderão optar pela bolsa de estudos os candidatos que tenham sido beneficiários bolsa de estudo da Fundação Arquia, na atual ou nas convocatórias anteriores.

    • Calendário
    • Abertura da convocatória: 15 de março de 2016
      Período de inscrição: A partir de 15 de março de 2016 a 16 de maio de 2016 às 12h do meio-dia
      Resultados: Julho de 2016
      Incubação: desenvolvimento dos projetos: a partir de 15 de setembro de 2016 a 15 de março de 2017
      Campanha de crowdfunding: irá realizar-se durantes os 2 meses seguintes à finalização da bolsa de estudo

    • Documentação e envio
    • A documentação necessária poderá ser enviada através do formulário de 'inscrição', até ao próprio dia de encerramento da convocatória (16 de maio de 2016 - 12h do meio-dia).

      Mais informações nas Bases em pdf.

  • Inscrição
  • O processo de inscrição realiza-se através da plataforma web da Fundação Arqui, sendo formalizada segundo os seguintes pontos:

    • A inscrição à Convocatória apenas se fará unicamente online, através da plataforma da Fundação Arquia.

    • A inscrição à convocatória apenas se poderá realizar online, através da plataforma da Fundação Arquia. Para poder iniciar a inscrição, irá necessitar previamente de efetuar a acreditação na plataforma para aqueles que não sejam utilizadores registados FQ ou, para aqueles que não se encontrem ainda acreditados. Acreditação do utilizador FQ.

    • A participação ficará completa quando for completado o formulário de inscrição e anexados os ficheiros solicitados na convocatória. Não se aceitarão propostas apresentadas por outro meio, que não seja a internet.

    • A decisão do júri será irrefutável.

    • A Fundação reserva-se o direito à reprodução e/ou exposição total ou parcial das propostas selecionadas do concurso.

  • Data limite de inscrição
  • 16 de maio de 2016 às 12h do meio-dia

  • Critérios de apreciação
  • As candidaturas serão avaliadas por um Júri, tendo em consideração os seguintes critérios:

    • Currículo académico profissional do candidato e/ou de cada integrante da equipa, para avaliar a capacidade de liderança, compromisso e motivação para com o projeto empresarial.

    • Memória do projeto proposto para a bolsa, sendo apreciado a originalidade e a viabilidade do mesmo. Análise Canvas.

    Os tutores e os membros do júri poderão contactar diretamente os candidatos para realizar uma entrevista personalizada, se tal for considerado necessário para clarificar aspetos sobre a ideia ou projeto.

  • Critérios de avaliação
  • Acreditamos em projetos com grande potencial, que devem cumprir os seguintes critérios:

    • Originalidade da ideia de negócios: tem de ser uma ideia criativa e inovadora, que contribua com uma abordagem de trabalho nova e que contribua, de maneira significativa, no âmbito relacionado com a arquitetura.

    • A ideia de negócio deverá contar com uma estrutura clara, ordenada e legível, bem como estar baseada numa oportunidade de mercado com potencial suficiente de amortização.

    • Modelo de negócio inovador com alta capacidade de geração de valor e um grande potencial de crescimento.

    • O projeto deverá permitir uma inserção viável no mercado: objetivos claros e realistas, definição de estratégias e recursos necessários para a colocar em prática, uma planificação estudada e um orçamento detalhado.

    • Capacidade e liderança do empreendedor ou equipa empreendedora: devem-se possuir qualificações e conhecimentos sólidos, tendo de demonstrar competências para levar a cabo o projeto com êxito.

  • Dotação
  •  A bolsa incluí o desenvolvimento do plano de inovação e empreendimento da Factoría Cultural, que consiste em 24 horas de assessoria (durante 3 meses), distribuídas em três blocos (mercado, oferta de valor e desenvolvimento do protótipo) onde serão desenvolvidas workshops de Mercado, Oferta, Branding e Marketing, bem como sessões de criatividade. Mais 6 horas de acompanhamento do processo (durante mais três meses) efetuado por um mentor da Factoría Cultural que seguirá a implementação do protótipo e o lançamento no mercado.

    A este plano de inovação e empreendedorismo estarão incluídos serviços transversais da Factoría Cultural, tais como: 100Mb de internet simétrica de carregamento e descarga de conteúdos, acesso às assessorias (entre outros: jurídico, contabilidade, tecnologia, programação, comunicação, etc.). Bem como outros programas de valor acrescentado: acesso à campanha de crowdfunding, acesso a campanhas de marketing digital e programas de visibilidade. Tudo isto para os dois (2) candidatos bolseiros.

    Para além dos serviços e recursos da Factoría Cultural, a Fundação Arquia coloca à disposição dos empreendedores bolseiros desde o primeiro dia, dois (2) assessores de reconhecido prestígio na gestão do desenvolvimento profissional relacionado com o âmbito da Arquitetura que irão fornecer tutoria, durante todo o projeto, através de sessões presenciais e online. Esta tutoria irá ser orientada para a tomada de decisões e irá guiá-los em todo o processo de elaboração do plano de empresa e da análise da sua viabilidade. Também fornecerá ao bolseiro os contatos e as informações de que necessite para trabalhar o eu projeto empresarial com êxito. No caso do projeto de empreendedorismo e inovação ser de alcance local, dentro do território espanhol, a Fundação Arquia fornecerá os contatos locais pertinentes.

    Com o objetivo de equiparar as oportunidades de participação a nível territorial, a Fundação Arquia dotará o vencedor da bolsa não residente na cidade de Madrid, com um máximo de 1.800 euros como ajuda com despesas de alojamento ajudas de alojamento, desde que solicite a dita prestação. Com tal objetivo, o candidato deverá apresentar o atestado de residência em vigor da Câmara Municipal correspondente.

    A Fundação Arquia assumirá os encargos da viagem de deslocação a Madrid (um bilhete de ida e volta em avião, comboio ou veículo - segundo determine a Fundação), proporcionará a cobertura dos termos da apólice de assistência em viagem contratada através da corretora Arquiseguros..

    O pagamento da bolsa realizar-se-á diretamente à Factoría Cultural.

    No caso de o candidato bolseiro trabalhar com uma equipa de uma ou mais pessoas, a Factoría Cultural bonificará o interessado nas seguintes proporções::

    • Bonificação 2ª pessoa: 75% da quota mensal.
    • Bonificação 3ª pessoa: 50% da quota mensal.

     

  • FACTORÍA CULTURAL/INCUBADORA DE INDÚSTRIAS CRIATIVAS
  • Factoría Cultural / Incubadora de Indústrias Criativas é um espaço para a criação e par ao desenvolvimento de iniciativas empresariais nos diferentes âmbitos das artes, comunicação e das novas tecnologias, todos eles incluídos, entre as indústrias culturais e criativas. A Factoría Cultural também é dirigida a entidades e associações sem fins lucrativos que desenvolvem a sua atividade neste setor.
    É uma incubadora que nasce para fomentar e tornar realidade projetos inovadores e sustentáveis num ambiente de trabalho agradável, humano, aberto, dinâmico, orientado para o utilizador e que favoreça o networking, que acolhe e apoia os empreendedores que pretendam tornar realidade uma ideia ou projeto criativo.
    A Factoría Cultural aspira a criar um ecossistema que facilite o acesso aos recursos ao empreendedor residente, aos serviços e à formação para desenvolver a sua ideia ou projeto em condições idóneas.
    Neste sentido, pretende converter-se numa referência, a nível nacional e internacional, no mundo das incubadoras e aceleradoras especializados nas indústrias culturais e criativas.


    Visitar a página web da Factoría Cultural

Bolseiros

Os bolseiros correspondentes à Convocatória 2016, são:

Becarios

Premio

Blanca Garcia Gardelegui
E.T.S. A - Barcelona - UPC
Basel, SUIZA

Cooparchitects: Uniendo a pequeños emprendedores frente a empresas corporativas internacionales

Ana Beltrán Nadal

E.T.S. A - València - UPV
VALENCIA, ESPAÑA

EDIFICIO URBANO. Innovación social en edificios históricos